sexta-feira, 15 de julho de 2011

Fetiche, feromonio e muita imaginação

Serei seu pesadelo, roubarei seu coração, usarei seu corpo, mudarei os planos em sua mente, vou fazer você mudar de ideia, fazer me odiar e depois se apaixonar loucamente por mim, vou lhe confundir, vou enlouquecer.
Quero que esqueça o caminho de casa e decore aquele que te leva direto a minha cama, desta vez eu serei o mocinho e você a bandida, usei as algemas, te amarrarei com força e durara toda a noite, é bom que aguente. Esse é o tipo de jogo que exige dois vencedores, esse é o tipo de jogo que quero fazer com você, colocar a imaginação para funcionar e te deixar em posições extraordinárias, daquelas que até Deus duvida.


Vou pecar contigo, vou revirar os seus olhos castanhos, você pode gritar e pedir socorro, só não peça que eu pare, pois isso não irei obedecer. Noite incrível e sem compromissos é o que teremos, não tente me prender, não conseguirá, aprendi a ser livre e me domesticar não será nada fácil.
Mesmo que te machuque você pede bis, simplesmente não resiste ao feromonio que eu estou exalando. Velas acesas, correntes, uma cama macia, nós dois e uma câmera para registrar esse ato, acho que não irei para o céu, então vou aproveitar sem culpa, vou apagar as luzes e que o show comece..

3 comentários:

  1. vivendo perigosmente, hehehe. eita, feromônio.
    bj

    ResponderExcluir
  2. Vc escreve muito bem,

    Devolvendo a visita,



    Bjo

    ResponderExcluir
  3. Show de bola..belas palavras..muito bom!!
    vlwlww

    ResponderExcluir